segunda-feira, 7 de junho de 2010

uma brasileira

eu estava como sempre olhando um blogs, quando eu achei uma 'poesia' sobre as bailarinas, mas especificamente sobre a Ana Botafogo, que eu adoro ela na minha opinião danças lindamente, e lutou tanto para esta aonde esta que eu resolvi postar aqui este 'poema'

Em pouco tempo, aprendi.

Há as bailarinas de palco.

Há as bailarinas das palavras.
Há as bailarinas dos dogmas.
Há as bailarinas da empáfia.
Há as bailarinas da rudeza.
Há as bailarinas da dança.

Há as bailarinas da vida.
Da própria vida.

Cansei do pescoço duro.
Cansei do nariz empinado.
Cansei do tom de voz elevado.
Cansei de quem se acha mestre,mas sequer saiu dos primeiros passos de aprendiz.

O ballet não mora apenas na técnica. Isso qualquer um aprende.Músico é músico por que entende de notas?
Escritor é escritor por que entende de palavras?
Pintor é pintor por que entende de cores?

Músico é quem transforma notas em música.
Escritor é quem transforma palavras em livro.
Pintor é quem transforma cores em quadro.
Bailarina é quem transforma passos em dança.

É nessa hora que ela mostra a que veio.
Merecedoras desse nome são raras.
A maioria quer ganhar o título no grito.

Mas Deus fez as Anas Botafogos,que ganharam no mérito e na ponta dos pés.
De verdade, eu quero ver cada vez mais bailarinas assim.

Porque as outras, eu estou bem cansada de conhecer.

lindo, não?!!
bjs

2 comentários:

  1. Olá!
    Que fofo seu blog!
    Tbm tenho um blog sobre dança,quando ser...da uma passadinha lá!

    =)
    bjãO

    ResponderExcluir
  2. Olá Gatona!
    Passei pra deixar um beijão bailarinistico!

    kkkkkkkk

    ResponderExcluir