domingo, 26 de junho de 2011

a evolução

Alguém já parou para reparar na evolução que o ballet clássico teve ao decorre de sua historia, quero dizer, se for listar tudo ficaria muito logo este poste, afinal no começo a mulher não podia dançar ballet apenas homens, só no final do século XVII que as mulheres entraram em cenas (agora me diga o por que e quando que surgiu o absurdo do preconceito contra homens no ballet), e depois o fato da mudança de figurinos quando Marie Camargo, que causou sensação por encurtar sua saia, calçar sapatos leves e assim poder saltar e mostrar os passos executados; e no final do século XVIII, um movimento liderado por Jean-Georges Noverre, inaugurou o "Ballet de Ação"; e Marie Taglioni frequentemente obtém o crédito e a responsabilidade por ter sido a primeira a dançar na ponta (mas ninguém realmente sabe com certeza) é mencionado que em1832 Marie Taglioni dançou La Sylphide inteiro na ponta. Mas quase certamente existiram dançarinos antes dela que subiram sobre as pontas de seus dedos do pé. É até possível que Marie Camargo tenha feito isso cem anos antes. Existem referências em contas de jornal de várias bailarinas com "dedos do pé fantásticos" ou de "caindo de seus dedos". Mas quem quer que seja realmente a primeira, foi Taglioni que abriu caminho para o desenvolvimento e a revolução da técnica do ballet. Transformou os dedos dos pés em dança.


Mas não vim falar quem foi a primeira nisto ou naquilo e sim da técnica, que veio evoluindo tanto a feminina quanto a masculina. estava assistindo alguns ballets antigo, alguns de 1933, 1948, 1957, enfim eu notei uma diferença gritante, a técnica dos bailarinos e bailarinas e seus preparos físicos, sim porque vamos compara como deveria ser o preparo físico dos bailarinos de 1900 com de hoje, como por exemplo a grande bailarina -que particularmente amo- Maya Plisetskaya que danço durante a era soviética (e claro que depois também, mas como bailarina clássica reinou nesta época) se for compara-la como uma bailarina atual como Svetlana zakharova - outra bailarina maravilhosa- uma pessoa pode até falar que Maya não tinha nem uma flexibilidade como Svetlana, mas Maya reinou e ainda reina no meio do ballet, porque ela deixou a sua marca no ballet, dançou a sua maneira, brilhou de forma única, assim como Galina Ulanova outra que marcou o ballet como uma lenda mas hoje tecnicamente falando não seria tão "en dehor" como Uliana Lopatikna, mas ainda sim nós temos que concordar que ela era maravilhosa em cima de um palco, com sua atuação lírica única, sua técnica única, ou os ''nossos'' lendários bailarinos como Vladimir Vasiliev um dos melhores bailarinos do século XX junto com Mikhail Baryshnikov e Patrick Dupond, em termos técnicos alguém em alguma coisa o alcançaram.

Bom enfim tudo nesta vida evolui e o ballet não é diferente; sabe, meu professor Diego, comentou que um amigo que foi na Bolshoi Moscou disse que praticamente todas as bailarinas russas tem o físico igual da Svetlana, igual a uma ginasta rítmica.

Mas ainda sim todos eles foram e são espetaculares a meu ver...
Então onde vocês podem notar estas diferenças, nos figurinos, cenários, técnicas, expressão,a energia, a paixão pela dança, aonde esta diferenças nestes (e em outros que você tenha assistido) vídeos,de seu ponto de vista?!


 

 





P.S para ser sincera alguns repertorios eu prefiro os mais antigo, como por exemplo, O lago dos cisne ou Esmeralda...
bjs e até

quarta-feira, 22 de junho de 2011

como melhorar

Oi minha gente!!
Tudo bem??

Bom hoje, ou melhor, esta semana estou pensativa, lembro que há algum tempo eu fiz um poste falando da minha dificuldade por causa da minha perna em x, bom, mas agora que o ritmo dos 'treinos' estão mais pesadinho em relação à antes, a questão de decorar sequência de passos como a de demi plié, demi plié, grand plié em 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª (bom creio que a maioria de vocês conheça esta sequência, pois é praticamente básica) ou a do Battement dégagé ou Battement tendu, estão complicadas.
Mas você deve esta pensando elas são de fáceis de decorar, sim eu concordo, mas quando resolvem juntar duas sequência, ou alterar de posição, e não digo direita e esquerda, mas sim frente e atrás, e tudo isso no centro, eu fico louca, atualmente meu maior problema é o equilíbrio em grand plié em 3ª e 5 ª, entre outros passos em tais posições, é frustrante ver você se desequilibrar ou até cair; então eu decidi que tudo que aprendi até agora ou vier aprender eu vou repetir quantas vezes forem necessárias em casa, sabe acho que assim é a melhor coisa que possamos fazer para melhorar, seja no que for para o que for, é como aquele velho ditado a pratica leva a perfeição. Sei que muitas pessoas não têm tempo, eu mesma não o tenho, mas já tentou lavar uma louça em meia ponta em 1ª,2ª,3ª,4ª e 5ª posição de pés, eu já! E não é que eu conseguir ficar em balancé depois por mais tempo, eu sei que parece coisa de louca, mas acredite enquanto você esta fazendo uma coisa pode praticar algo do ballet, coisa simples, mas que depois em uma grande ou complicada sequência você vê toda a diferença. Que tal fazer borboletinha enquanto esta arrumando uma gaveta que é baixa, ou tenta ficar em grand écart  de 2ª posição enquanto lê um livro ou assiste TV, não sei bota a o celebro para funcionar nesta hora ver qual é a sua necessidade (no meu caso todas ¬.¬) e é só fazer...

Eu estava relendo alguns postes e vi um 'poema' que postei aqui, sobre as atitudes de uma bailarina, se você parar para pensar pelo menos uma coisa ali você já deve ter feito, mesmo que nem tenha notado que tenha sido no automático, mas você fez, mas que tal você perceber e tentar corrigir seu erro creio que só assim vamos poder evoluir, e conseguir chegar pelo mesmo perto daquilo que sempre sonhamos, ou quem saber chegar a ser como sonhamos, seja aquela prima-bailarina daquela companhia ou não, mas um dia chegamos lá...

E sempre que possível peça ajuda para o seu professor ou professora, para aquela pessoa de nível a avançado, ou da sua turma é boa naquilo que você tem dificuldade. No meu caso o meu pé magro, ou seja, meu colo de pé só forçando muito até doer que você vê algo digno de uma bailarina, enquanto tem duas meninas beem mais novas que eu e tem o colo de pé ala Alessandra Ferri, e não exagero nenhum, meu professor vive dizendo isso para elas, e uma tem uma flexibilidade ótima, e lavai eu lá... Pergunte exercícios bons para aquilo que você deseja...

Olha meu maior problema e a 5ª posição então eu aprendi um monte de exercício ótimo para isso, e lavai alguns:

-sentada com as pernas retas com os pés em flex em 6ª posição (lembre de tirar o calcanhar do chão se não seu joelho não esta esticado o suficiente, mesmo que você não tenha a perna em X tem que sai um pouco que seja, agora se você tem, você tem obrigação de tirar), faça 1ª posição em flex depois ponta e volte para 6ª em ponta, e vai repetindo até você perceber que você esta rodando a perna dês de cima até o pé, ai é só repetir em pé...

- faça o grand ecarté (uma perna para esquerda e a outra para direita) o máximo que você conseguir, e depois dobre uma como se você estivesse fazendo passé sem tirar o joelho do chão, e vire e suba em cima da sua perna dobrada e deixai-a reta e seu pé em ponta, e a de trás bem posicionada atrás de você, tente fazer um cambré, repita isso do outro lado...

- tem vídeos no youtube com os passos de ballet é só colocar o nome!

- no site dicas de danças têm enumeras dicas bacanas

Enfim não tem desculpa, pelo menos não para mim...
Bom acho que é só isso por enquanto...


a 2ª dica é mais ou menos assim


bjs e até

quinta-feira, 9 de junho de 2011

A rainha do Kirov

Ulyana Lopatkina,

uma bailarina que me faz suspirar quando a vejo em um vídeo, uma bailarina que me faz sonhar...

admiro muito Ulyana, não só no palco mas como pessoa...
já li diversas entrevista dela, onde ela se mostrou uma pessoa centrada e principalmente apaixonada pela dança, pela arte em todos os sentidos, pois ela também gosta de desenhar em seu tempo livre (quase nunca pois ela esta sempre ensaiando ou brincando com sua filha Masha de 9 anos(com o arquiteto, escritor Vladimir Kornev, com quem é casada), e a dança por si só já  envolve a musica...

hoje aos 37 anos (nascida em 23 de outubro de 1973, em Kerch, Ucrânia, onde viveu até seus 10 anos)  , Ulyana já é considerado um ícone do ballet mundial, pois já ganhou diverso premio tanto na Rússia quando no mundo, tais como: Concurso Internacional Vaganova-prix (São Petersburgo, 1991). Golden Sofit (1995), the Golden Mask(1997), Prix Benois de la Danse (1997), the Baltika prize (1997 e 2001), the Evening Standard (1998), State Prize of Russia (1999), Honoured Artist of Russia (2000), People's Artist of Russia (2006). Golden SOFIT (1995).

Lopatkina supera em papéis clássicos e dramática. Ela é um exemplo perfeito da Escola Russa (Kirov), com membros de salgueiros, uma Força de Aço e uma Pureza de Linhas Clássicas, bem como uma musicalidade instintiva.
Seu repertório inclui: Giselle (Giselle, Myrtha), Le Corsaire (Medora), La Bayadère (Nikia), Grand pas de Paquita, A Bela Adormecida (Fada Lilás), O Lago dos Cisnes (Odette-Odile), Raymonda (Raymonda, Clemans), Scheherazade (Zobeide), A Fonte da Bakhchisarai (Zarema), The Legend of Love (Mekhmeneh Bahnu), Sinfonia de Leningrado (The Girl), Pas de Quatre (Маria Taglioni), Serenade, Piano Concerto No. 2 (Ballet Imperial), Sinfonia em C (2 Movement), La Valse, jóias (diamantes), na Noite, O Quebra-Nozes (destaques: professora e aluna), Le Jeune Homme et la Mort, Goya-Divertissement, Le Baiser de la Fee ( Fada), Le Poeme de l'Extase, no meio.

partes de documentarios:


preste atenção na ultima parte do documentario,
aparece a filha dela eu adoro esta parte:



tradução da pequena parte de Ulyana:

-este é um papel especialmente exigente, a pose particular dos braços, o posicionamento do corpo, assim como um violino é afinado a cada vez antes de ser tocado, assim que o desempenho está "sintonizado" para soar como deveria...
-quando você vai no palco pela primeira vez é difícil, porque é a primeira vez. quando você vai no palco 10 ou 15 vezes, cada um tem o seu desempenho absoluto próprio, as dificuldades individuais por causa do dia especial, por causa do que está acontecendo ao seu redor.

-Os desempenhos de vídeos não transmitem o sentimento que existe durante um ballet. Material de vídeo são "alimentos pré-embalados". venham a performance ao vivo. O tempo passa com tanta rapidez que cada dia é importante. amanhã eu tenho O Lago dos Cisnes. venham amanhã!

(desculpe-me se tiver algo errado na tradução, mas meu vocabulário ainda não esta completo, por isso em algumas partes tive que dar uma mudada par ficar correto a minha maneira...)





 e ainda alguns dizem que ela não tem uma expressão facial
'limpa', assistam qualquer repertório
que ela esteja presente
e depois me fale!

P.S: quem quiser saber um pouco mais sobre ela este site é otimo porem é em inglês, mas nada como o google translator(tradutor)

bjs e até

fontes das imagens:
1, 2 ,3, 4, 5